Dicas para jovens que querem driblar o desemprego

foto de garota mexendo em computador representando como driblar o desemprego
19/02/2020

A crise dos últimos anos pegou muita gente de surpresa no mercado de trabalho, mas especialmente os jovens, que foram os que tiveram maior perca de renda nos últimos cinco anos. É o que afirma a pesquisa “Juventude e Trabalho” feita pelo Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que revelou também que os maiores índices de desigualdade estão concentrados na população entre 15 e 29 anos. Se você, assim como muitos, também foi afetado e deseja contornar essa situação, confira as dicas que preparamos para que você drible o desemprego!

5 dicas para driblar o desemprego

Ficar desempregado não é fácil. Ainda mais para as pessoas mais novas que precisam investir cada vez mais em conhecimento e especialização para conseguir boas oportunidades. No entanto, saiba que é possível se livrar desse peso e entrar ou voltar para o mercado de trabalho sem dores de cabeça. Continue lendo!

1. Busque se aperfeiçoar

O primeiro passo para quem está fora do mercado de trabalho é aproveitar o tempo livre para estudar e se desenvolver. Esse é o momento perfeito para focar na sua capacitação e existem diversas plataformas gratuitas e digitais que disponibilizam cursos online, como a própria Fundação Getúlio Vargas e a Fundação Bradesco.

2. Aproveite as redes sociais

Não pense que o Facebook serve apenas para rolar o feed e curtir alguns vídeos de animais fofinhos. Você também pode conseguir o emprego dos sonhos por meio da rede social! Existem muitos grupos voltados a oportunidades de emprego de acordo com a sua área ou sua cidade. Além disso, o LinkedIn é a ferramenta ideal para conseguir um emprego, por isso crie ou ative sua conta e comece a utilizá-la.

3. Faça networking

A rede de contatos também é muito importante para quem busca recolocação no mercado para driblar o desemprego. Se lembra daquele amigo da escola que está agora em uma empresa boa? Ou um antigo colega de trabalho com quem você tinha bastante contato? É hora de falar com eles! Pergunte se você pode enviar o seu currículo e mostre que você está disponível para que as pessoas saibam que você está em busca de uma oportunidade.

4. Cadastre-se em sites de emprego

Profissionais que buscam driblar o desemprego também podem contar com sites de emprego como Infojobs e Vagas.com.br, que oferecem cadastro gratuito para diversas vagas. Existem também os pagos, que possuem oportunidades muito boas também, mas vale a pena avaliar se essa conta entra no seu orçamento.

5. Atualize seu currículo

Muitas vezes você pode estar deixando de ganhar oportunidades por conta do seu currículo. Se ele não estiver muito bem estruturado, o recrutador pode acabar se confundindo ou até mesmo não se interessando por seu perfil simplesmente porque você não conseguiu incluir corretamente suas habilidades. Por isso, observe bem o seu currículo e veja se ele está de acordo com a vaga antes de enviá-lo para a empresa.

Se você possui dificuldades em obter boas oportunidades e acredita que um bom currículo faz toda a diferença, conte com a Currículos Vencedores! Aqui, montaremos um currículo campeão para que você não perca mais nenhuma vaga. Invista na sua carreira e alcance seus objetivos!

O que achou do nosso artigo sobre como trabalhar sua autoconfiança no trabalho? Se gostou, não esqueça de curtir e compartilhar com os seus amigos. Caso tenha alguma dúvida, entre em contato e fale com os nossos especialistas. Além disso, acompanhe nosso blog! Mensalmente trazemos notícias relacionadas ao mercado profissionais e formas de se destacar nessa competição.

Até a próxima!

telefone