Recolocação de idosos no mercado de trabalho: como preparar a empresa

foto representando a recolocação de idosos no mercado de trabalho
08/05/2020

Existem diversos fatores que estão levando as pessoas da terceira idade a voltarem para o mercado de trabalho. Aumento na expectativa de vida, necessidade de complementar a renda da aposentadoria e até mesmo a disposição e necessidade de contato social são os principais deles. No entanto, muitas empresas ainda não estão preparadas para esses profissionais, que podem agregar valor e trazer ainda mais sucesso à organização. Por isso, nesse artigo apresentamos algumas dicas para aqueles que desejam trazer esses trabalhadores sênior e aproveitar todas as vantagens. Continue lendo!

Vantagens da recolocação de idosos no mercado de trabalho

Foi-se o tempo em que terceira idade significava descanso. Muitas pessoas ainda buscam recolocação no mercado profissional mesmo após a aposentadoria, seja por necessidade, realização pessoal ou gosto pelo trabalho. O melhor de tudo é que muitas empresas viram nisso uma oportunidade de crescimento e podem aproveitar diversas vantagens com esse tipo de contratação.

Experiência profissional + experiência de vida: além de mais conhecimento no setor, os profissionais idosos também são mais maduros e costumam ser mais emocionalmente estáveis na rotina de trabalho. 

Cada vez mais conectados: o conceito de que os idosos não se adaptam às novas tecnologias já é antiquado. Segundo pesquisa do Think With Google, 1 em cada 4 dos brasileiros acima de 60 anos já estão conectados.

Mais produtivos: além disso, a pesquisa revelou também que existe uma relação direta entre longevidade e produtividade no trabalho. Isso porque já passaram por fases da vida que demandem deles, como criar filhos ou se formar, e se dedicam mais ao trabalho.

Empresa preparada para a terceira idade

O fato é que apenas 11% das empresas brasileiras possuem programas de contratação de profissionais maduros e modelos de carreira diferenciados para os mais velhos ou em idade de aposentar, de acordo com o estudo “Envelhecimento nas Organizações e a Gestão da Idade“, da FGV. Portanto, é necessário que as empresas estejam preparadas para aproveitar todos os benefícios da maneira adequada. 

Algumas das principais desculpas que aparecem como impeditivos na contratação de idosos são os altos custos com plano de saúde e odontológico, falta de adaptação à tecnologia e limite de criatividade. No entanto, mesmo a contratação de profissionais mais “junior” pode sair cara para a organização, logo que não possuem experiência e, muitas vezes, o sucesso não é garantido. 

Portanto, é necessário também tomar algumas medidas quando se decide criar um programa para contratação de idosos.

Capacitação

Muitas vezes a pessoa já está há um tempo fora do mercado e a nova experiência pode exigir um certo treinamento para que ela se adapte. Porém, vale ressaltar que isso também vale para qualquer profissional, mesmo os mais novos, quando falamos em mudanças constantes no universo corporativo e novas tecnologias. 

Combate ao preconceito

Outro ponto essencial na recolocação de idosos no mercado de trabalho é a quebra do preconceito. Afinal, todos os colaboradores precisam se relacionar de forma respeitosa no ambiente de trabalho. É essencial, portanto, agir de maneira educativa com os demais trabalhadores para promover um local sadio na empresa.

Flexibilidade

Por mais que os idosos não tenham alguns assuntos a tratar como filhos pequenos, o assunto saúde demanda mais flexibilidade desses colaboradores. Por isso, esteja preparado para dispensá-lo quando houver necessidade de algum exame ou consulta.


O que achou do nosso artigo sobre recolocação de idosos no mercado de trabalho? Se gostou, não esqueça de curtir e compartilhar com os seus amigos. Caso tenha alguma dúvida, entre em contato e fale com os nossos especialistas. Além disso, acompanhe nosso blog! Mensalmente trazemos notícias relacionadas ao mercado profissionais e formas de se destacar nessa competição.

Até a próxima!

telefone